Sabe a frase “amigo é coisa pra se guardar debaixo de sete chaves…”?

Isso é exato para o Brent, meu marido, que adotou o Peetee que por sua vez me adotou, sempre me fazendo sentir bem-vinda, amada e protegida.

Desde o primeiro momento houve empatia. Apesar de ser arisco e de ter um caráter resmungão, meu amado cão Australiano foi o melhor que pode acontecer para fazer mais fácil a difícil fase de adaptação a um país de diferente cultura.

Eu o definiria como belo, régio e quase humano na forma de ser.

Desde um princípio tivemos nossos “Moments of Love”, que se resumia em ele deitado ao meu lado bem coladinho esperando muitas caricias (e o Toddy, meu lindo salsichinha, super ciumento com a situação).

Eles acabaram sendo os melhores amigos.

Peetee se foi no princípio da primavera de 2014 de um ataque de coração fulminante, em um perfeito domingo ensolarado desfrutando da companhia da família. Foi um baque…

Hoje ele faria 10 anos.

Como homenagem segue a receita de biscoitos que ele ADORAVA: Biscoitos Peetee (Ele sempre esteve longe de ser vegetariano já que qualquer coisa vinda do mundo verde simplesmente cuspia. Quanto a carne, queijos e ovos… Era a praia dele!)

Muito fácil de se fazer, é um divertido programa para compartir com a criançada e dar um belo agrado aos queridos mascotes.

 

Peetee2

 

Biscoitos Peetee

2 Xícaras de farinha de trigo integral

¼ Xícara de aveia

½ Xícara de queijo ralado

1 Ovo

¾ Xícara de água

Preaqueça o forno a 190⁰C.

Combinar todos os ingredientes e amassar até formar uma massa uniforme.

Em uma superfície enfarinhada estender a massa (mais ou menos uns 6 mm de espessura)

Polvilhar com mais queijo e cortar com um cortador de biscoitos.

Forrar uma bandeja de forno com papel manteiga, e assar os biscoitos por 30 minutes ou até que estejam dourados.