O dia amanheceu selvagem… Chuva, vento de derrubar e mar bravío! Impossível usar o guarda-chuva…

Contudo a “Sala de Camara” da Kursaal estava lotada para assistir a apresentação dos jovens cozinheiros vascos que a priori prometia ser bem mais simples do que realmente foi.

Receitinhas básicas para o dia á dia? Bom… nem tanto.

Aparte da “tortilla” apresentada por Senen González, tanto os videos  (muito interessantes) de Ramón Piñeiro, chef do restaurante hotel Marqués de Riscal, das adegas que levam o mesmo nome (marco unico com projeto de Frank Gehry o mesmo que idealizou o Museo Guggenheim de Madrid) como os de Mikel Gallo do restaurante Nineu (cozinha contemporânea a preços um pouco mais populares…) foram de ensinar muita coisa a muitos profissionais do ramo.

Fiquem de olho nas receitas do blog, pois será postada uma das preferidas de Julia Roberts.

Uma vez terminada as “classes culinárias” seguiu a carinhosa bem vinda aos chefs de Nova York. Foi muito lindo! A mais importante cofraria gastronomica da cidade de San Sebastian, Gaztelubide, que também possui uma fanfarra com mais de 50 participantes foi a responsavel da bonita festa. Os trajes, os repiques das caixas…espetacular.

A dança do Aurresku,  típica vasca de reverencia e homenagem executada apenas por homens, foi de uma elegancia e sobriedade de ficar pasmo!

Há momentos onde uma imagem vale mais que mil palavras…  Amanhã será inserido o video.

A grande degustação de “barbacues” teve de ser cancelada e transferida para terça-feira devido ao mal tempo.

Continuaremos…